quinta-feira, novembro 26, 2009

NATAL 2009 - ESPALHE ESSA IDÉIA.

Para o Natal 2009 ( espalhe essa idéia) Que tal fazer algo diferente, este ano, no Natal?

Sim ... Natal ... daqui a pouco ele chega .

Que tal ir a uma agência dos Correios e pegar uma das 17 milhões de cartinhas de crianças pobres e ser o Papai ou Mamãe Noel delas?

Há a informação de que tem pedidos inacreditáveis.

Tem criança pedindo um panetone, uma blusa de frio para a avó....

É uma idéia.

É só pegar a carta e entregar o presente numa agência do correio até dia 20 de Dezembro.

O próprio correio se encarrega de fazer a entrega.

DIVULGUE P/ SEUS AMIGOS DA SUA LISTA DE CONTATOS

quarta-feira, novembro 25, 2009

Saúde, educação, inteligência, família, amigos, estrutura.
Só posso agradecer e nunca me lamentar.
Qualquer revés que me aconteça está ao alcance das minhas competências para resolver.
Fé e força de vontade.
Persistência e perseverança.
Mais valor ao que tenho e pensamento positivo sempre.
Vou estudar.

segunda-feira, novembro 23, 2009

sábado, novembro 21, 2009


Estou com muita dor de cabeça. Hoje fiz uma prova de concurso deveras difícil. Amanhã acredito que será pior, pois terei a segunda etapa discursiva.
Mas, nada se conquista sem esforço. Eu chego lá.
Como as boas cabritas, persevero.

sexta-feira, novembro 20, 2009

Sexta-feira

Hoje é sexta-feira e pela minha cabeça passam os artigos da CF/88, o CE/65 e o Regimento Interno do TRE/PE.
Ia sendo assaltada na porta do curso, enquanto esperava o motorista me buscar, enquanto falava ao celular.
Minha cliente desmarcou o atendimento de hoje a noite.
Briguei.
E os filmes que iriam me tirar este certo mau humor que quer se instalar estão na casa de outrem.
Saco !
Nessas horas dá vontade de ser fútil e passar a tarde no SET Paço Alfândega, sendo paparicada dos pés à cabeça: cabelos, mãos e pés.

quinta-feira, novembro 19, 2009

terça-feira, novembro 17, 2009

Sou isso mesmo ?

CAPRICÓRNIO - O Paciente

Pessoa agressiva e sábia.
Prático e rígido.
Ambicioso.
Tende a estar bonito.
Humorístico e engraçado.
Pode ser um pouco tímido e reservado.
Frequentemente pessimistas.
Tendem a agir antes de pensar e podem ser às vezes pouco amigáveis.
Guarda rancor.
Gosta de competição..
Obtêm o que eles querem.

Pessoas

Meus cabelos brancos se ploriferam.
Não são os sinais da idade ainda. Mas, sinais de preocupação.
Por mais gestalt que eu seja, preciso vislumbrar e pensar no futuro.
No meu futuro.
Já fui bem pior, mais pródiga em relação a cifras. Hoje mais contida porque mais madura, porém, ainda faço pequenas insanidades.
Estou buscando o caminho de um futuro tranquilo. Hei de conseguir.
Enquanto isso, meio a meio, vou vivendo com as pessoas do mundo.
Sou bastante gregária, apesar da solidão em que vivo e dos poucos com os quais convivo.
Mas, de vez em quando, tenho o prazer de trocar alguns poucos verbos e adjetivos com pessoas de massa cefálica sem prazo de validade vencido.
Por isso, me inspiram a escrever essas baboseiras que deveria restringir ao meu diário escrito no papel. Lá escreverei outras coisas mais íntimas que aqui não cabem.
É bom exercitar a mente, ouvir coisas legais que me alimentam a alma e ter, principalmente, e ter reciprocidade.
Sem malícia, sem maldade, sem últimas intenções. Apenas a boa conversa de bar. Muito bom !
Isso me dá vontade de viver e de correr atrás do meu pra ter a possibilidade de poder viver mais isso.
Logo mais vou amanhecer e seguir minha nova rotina de "trabalho".
E me lembrar de como foi legal a noite de ontem com beatles e conversa boa e acima de tudo, sem estar na sombra de ninguém.
Afinal, Andréa é um nome bonito. Não é não ?

sexta-feira, novembro 13, 2009

Hoje é sexta-feira 13 !!!


O número 13 é considerado de má sorte. Na numerologia o número 12 é considerado um número de coisas completas como 12 meses no ano, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus ou os 12 signos do zodíaco. Já o 13 é considerado um número irregular. A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerado um dia de azar. Somando o dia da semana de azar (sexta) com o número de azar (13) temos o mais azarado dos dias.

Esta superstição pode ter tido origem no dia 13 de Outubro de 1307, sexta-feira, quando a Ordem dos Templários foi declarada ilegal pelo rei Filipe IV de França; os seus membros foram presos simultaneamente em todo o país e alguns torturados e, mais tarde, executados por heresia.

Outra possibilidade para esta crença está no fato de que Jesus Cristo provavelmente foi morto numa sexta-feira treze, uma vez que a Páscoa judaica é celebrada no dia 14 do mês de Nissan, no calendário hebraico.

Recorde-se ainda que na Santa Ceia sentaram-se à mesa treze pessoas, sendo que duas delas, Jesus e Judas Iscariotes, morreram em seguida, por mortes trágicas, Jesus por execução na cruz e Judas provavelmente por suicídio.

Antes disso, porém, existem versões que provêm de duas lendas da mitologia nórdica. Na primeira delas, conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses. Daí veio a crendice de que convidar 13 pessoas para um jantar era desgraça na certa.


Segundo outra história, a deusa do amor e da beleza era Friga (que deu origem a frigadag, sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, Friga foi transformada em bruxa. Como vingança, ela passou a se reunir todas as sextas com outras 11 bruxas e o demônio. Os 13 ficavam rogando pragas aos humanos.

COM SEXTA-FEIRA 13 E TUDO O MAIS: TUDO VAI DAR CERTO !!!!!

domingo, novembro 08, 2009

A grande dificuldade do ser humano é aceitar o outro como ele é.
queremos ser aceitos e exigimos, mas não enxergamos que também precisamos aceitar o outro como ele é.
Isso se chama alteridade.

Alteridade (ou outridade) é a concepção que parte do pressuposto básico de que todo o homem social interage e interdepende de outros indivíduos. Assim, como muitos antropólogos e cientistas sociais afirmam, a existência do "eu-individual" só é permitida mediante um contato com o outro (que em uma visão expandida se torna o Outro - a própria sociedade diferente do indivíduo).

Dessa forma eu apenas existo a partir do outro, da visão do outro, o que me permite também compreender o mundo a partir de um olhar diferenciado, partindo tanto do diferente quanto de mim mesmo, sensibilizado que estou pela experiência do contato.

A “noção de outro ressalta que a diferença constitui a vida social, à medida que esta efetiva-se através das dinâmicas das relações sociais. Assim sendo, a diferença é, simultaneamente, a base da vida social e fonte permanente de tensão e conflito” (G. Velho, 1996:10)

sábado, novembro 07, 2009

Cristais


Misto de um tudo eu sinto.
Esta semana foi pesada e a minha cabeça está às voltas com muitas "pré-ocupações", como li agora pouco num e-mail.
Necessidade grande tive de "me limpar".
Isso, me limpar!
Não com um banho de chuveiro ou de banheira ou ainda com uma bucha áspera e esfoliante.
Mas, limpar o ambiente onde respiro o maior tempo das 24 horas que tenho para viver todos os dias.
Debelar pragas peçonhentas que insistem em atacar a estrutura de tijolos a que todos chamam de casa.
Aproveitei e olhei assim... assado... para a cristaleira da minha avó!
Precisa de uma geral!
Abri suas portas que há muito ninguém o fazia e aquele cheiro de madeira velha invadiu o ambiente.
Retirei, um por um, copos para quase todas as bebidas: água, vinho branco, vinho tinto, uísque, licor, champagne, cachaça, além de um pedaço da baixela de porcela tchecoeslovaca (o país mudou de nome não foi ?)que ela tem.
Lavei peça por peça e guardei na estante da sala enquanto "cuidava" do móvel.
Limpei seus vidros da frente, das laterais, lavei suas prateleiras de vidro grosso, passei lustra-móveis de lavanda, pus um "remedinho" preventivo para as pragas não acharem a sua madeira gostosa por demais.
Ela ficou assim, meio "desnuda" por uns dois ou três dias.
Hoje, após o almoço, assisti com minha mãe e meus irmãos a um dvd de música new age. "Yanni", muito bom. Voltei pra casa e voltei pra ela, a Cristaleira.
A esta altura, ela pode mesmo receber o seu nome com C maiúsculo, quase como um nome próprio, um "ente".
Olhei pra ela...
Pus The Beatles como trilha sonora e comecei o meu trabalho de volta: abri a estante da sala e um por um, fui rearrumando todas as peças no lugar.
E aí ... minha cabeça viajou...
Cada copo, uma lembrança de uma festa, uma reunião, um jantar, um almoço, uma visita importante, um evento.
E na minha cabeça todos que já circularam por dentro desta casa onde moro sozinha hoje voltaram a andar e fazer todos os barulhos...
Meu avô sentado à cabeceira da mesa, minha avó em pé badalando o sininho que usava para chamar as empregadas e elas, as empregadas que viveram conosco por gerações.
Zefinha, Xôxa, Das Dores, Rita, Brasilina, Fátima... e mais que agora não me recordo. Todas de uma mesma família que acompanharam o casal José e Maria Aragão desde a época em que moravam em Vitória de Santo Antão.
Foi uma lembrança muito, mais muito gostosa. A imagem de meus avós não saíram um minuto de minha mente e me perguntava: Será que Vovó iria aprovar essa arrumação que fiz aqui na Cristaleira dela?
Pelo que a conheço, acho que não. Só ela é que deixava tudo perfeito.
Meu Avô teria mando desligar o som, "porquê isto não é música".
Enfim ... Histórias de minha vida...
Ela está bonita, a Cristaleira. Já que não tem a minha Avó Maria para aprovar a "geral" que dei no móvel dela, vou chamar a substituta-mor: Minha mãe. Espero que ela goste.

sexta-feira, novembro 06, 2009

Perfeito !

video
Ele diz o que eu sinto por dentro e não sei explicar. Ele é como Clarice, a Lispector. Ambos me traduzem.

quarta-feira, novembro 04, 2009

Mera diversão

video

Me sinto muito magoada. Estou em frangalhos.
Sentimento de fracasso e perda juntos.
Palavras não são suficientes.
Atitudes sempre serão as mais difícieis de tomar.
Pensamentos que não passam apenas de pensamentos.
Sonhos que ficam eternamente na esfera do onírico.
Desejos que mais parecem para aladim resolver.
O mundo real não é feito de espuma de mar que se dissolve em segundos.
É feito de realidade, de gente de verdade que tem sentimentos, que acredita, que realiza.
Entrei num parque de diversões surreal e não queria sair nunca mais.
Mas, me puseram pra fora, pois diversão é diversão.
E Eu que pensava que o parque era o meu admirável mundo novo!

terça-feira, novembro 03, 2009


É a história de muitas mulheres.
Mulheres de verdade, que lutam pelos seus ideais, pelos seus sonhos.
Dedicam-se de corpo e alma, entregam-se, desdobram-se.
São amigas, amantes,mulheres para o que der e vier.
Escutam, apoiam, ajudam.
Fazem a festa junto, respeitam.
Presenteiam, surpreendem.
Trabalham junto.
Aguentam tudo. Se expõem com coragem, assumidas do que querem.
Cheias de alteridade, respeito para com o outro. tolerância, paciência, espera.
Até que elas percebem que tudo isso foi levado na brincadeira, na gozação, no preconceito.
Tidas como "aquelas" que só servem "praquilo".
É...
As mulheres se enganam muito e quando isso acontece é um sentimento de tristeza, de ter se doado tanto para alguém que não merecia,não enxergava, não tinha o mesmo sentimento.
Traídas pelo egoísmo e a vaidade do outro.
Na verdade, estes são fracos de personalidade, vazios, apenas palavras belas e muito teatro.
Isso é muito decadente. Patético até.
Os ocos de sentimento serão sempre ocos.
Me esvaziaram dos meus mais puros sentimentos, mas não sou oca.
Como a lei da vida vou me refazer com amor mais puro ainda e sorte daquele que me encantar os olhos.

Sorte na minha nova caminhada. Eu, o meu sorriso largo e pescoço limpo ! Coleira é pra cachorro !





segunda-feira, novembro 02, 2009

Dia de finados



Hoje é dia de finados.
Culto aos mortos.
Muitos aproveitam o feriado para irem aos cemitérios visitar seus entes queridos que já não estão mais conosco.
Realmente não estão. Mas, também não estão lá no cemitério.
No cemitério jaz um corpo material a que precisamos para estar aqui na terra. Usamos esse invólucro para existir neste plano e assim continuarmos a nossa evolução espiritual.
Quantos de nós já estivemos aqui anteriormente.
Quantos de nós estamos aqui, iremos embora e voltaremos.
Acredito na evolução humana, porém, ainda está longe pelo que percebo de nossas falhas, nossos erros.
Às vezes estamos convictos de que estamos fazendo o certo, quando na verdade...
Mas, o ser humano é muito passível de falhas. O bom é perceber enquanto é tempo.
A gente nunca sabe o que está fazendo se certo ou errado. Apensa segue o coração.
Se nós vivermos com o bem no coração, já é um grande caminho.
Eu não fui ao cemitério, meus entes queridos não estão lá, mas distribuidos. Uns sendo cuidados, outros precisando de grande ajuda.
Vou mentalizar pensamentos positivos para eles e também pedir-lhes proteção.

Me dei conta.



Me dei conta do quanto sou boba e acredito demais em palavras soltas ao vento.
Existem vários tipos de gente que não presta. Uns se disfarçam de sérios e corretos e enganam facilmente as pessoas de que tem bom coração e pureza.
Bobos são os que ainda, nos dias de hoje caem nessas mazelas e conversas pra boi dormir.
E se dedicam e acreditam num enorme teatro tecido maquiavelicamente só pra ter ganhos e sair na vantagem.
A que ponto chega um ser humano !
Todos nós erramos e eu cometi um grande erro. Enorme !
Não por acreditar, pois isso é pureza de coração e sentimento, mas por investir numa situação completamente equivocada junto a um ser humano digno de desprezo.
Vou pagar pelos meus erros e com certeza vão pagar também.
Só espero que essa grande mágoa e essa ferida profunda que me atingiu em cheio não me faça ficar cética quanto ao meu futuro.
Pois ainda acredito na minha capacidade de amar e sei que vou amar muito ainda com todo vigor, dedicação e carinho. Pois isto é meu e ninguém vai conseguir matar, nem as mentes mais invejosas, nem os aproveitadores mais vis, nem estas almas escuras que nada tem a oferecer. Delas tenho pena. Pena do que ainda vão sofrer.
Meu coração continua puro, aberto ao amor VERDADEIRO. Sei que poucos sabem o que é isso e acham que uma boa transada é amor. Coitados. São pequenos de alma.
Muitas vezes é preciso ver o lixo pra poder diferenciar o que é realmente pra valer.
Acabo de sair da lata do lixo.

domingo, novembro 01, 2009

video

 
1 - Pense sempre de forma positiva toda vez que um pensamento negativo vier à sua cabeça. Troque-o por outro.
2 - Não tenha medo de ninguém, de nada, tenha fé em você mesmo.
3 - Não se queixe.
4 - Risque a palavra culpa do seu dicionário.
5 - Não deixe que interferências externas tulmutuem o seu cotidiano. Sintonize com gente positiva e alto astral.
6 - Não se aborreça com facilidade e nem dê importância às pequenas coisas. Procure viver com serenidade e quando tiver vontade de explodir, conte até 10.
7 - Viva o presente. Aproveite o aqui e agora. Faça o seu dia valer a pena.

São palavras quase mágicas que não são tão fáceis de seguir como se pensa. Mas, tento seguir. A gente é o que a gente escolhe ser, a gente está com quem escolhe estar e faz da nossa vida o que quiser. Se a gente escolhe se submeter é isso que a gente ganha: migalha.
Se a gente escolhe aceitar a situação, a gente tem que arcar com as consequências. A vida é uma montanha de escolhas.
Eu escolhi me amar, pois só assim serei amada de verdade.